Atividades

As atividades da rede GOAL envolvem encontros, workshops temáticos e seminários que promovem o intercâmbio entre especialistas, a transferência de conhecimentos e a cooperação. Os próximos eventos estão relacionados na página de Eventos no site. Algumas das atividades realizadas abordaram:

  1. Encontro GREMIO ( Lima, Peru) 2002
  2. Reunião de Coordenadores e 18º. LAK (Colóquio Latinoamericano) (Freiberg, Alemanha) 2003
  3. Encontro VDMA – EXPOMIN – GOAL (Santiago, Chile) 2004
  4. Workshop em Vulcanologia (Quito, Equador) 2006
  5. Escola de Primavera (Berlin e Kiel, Alemanha) 2007
  6. Geotermia energy and associated volcanism (San José, Costa Rica) 2008
  7. Mineração Sustentável e 21º. LAK (Freiberg, Alemanha) 2009
  8. Mineração Sustentável e Meio Ambiente (Belo Horizonte, Brasil) 2010
  9. Gestão de Riscos Geológicos — uma perspectiva alemã-latinoamericana (Heidelberg, Alemanha) 2011
  10. Geociências e Sociedade — Fazendo a Ponte entre Geoparques e Companhia (Heidelberg, Alemanha) 2014
  11. Desenvolvimento Sustentável de Georecursos — Realizações e Desafios (Bogotá, Colômbia) 2016
  • Slideshow: GOAL Excursion in 2014 (Germany)

 


1. Encontro GREMIO (Lima, Peru) 2002

Encontro em Lima, de 5 a 7 de julho de 2002 sob o tema “Geo-recursos e Meio Ambiente” (GREMIO). Realizado no Departamento de Engenharia de Minas e Gelogia da Pontifícia Universidade Católica do Peru (PUCP) contou com a participação de mais de 30 exalunos latinoamericanos e 7 alemães. Houve grande apoio dos representantes do Departamento de Engenharia de Minas da PUCP. Este encontro foi fundamental para a história do grupo, marcando o evento profissional de GREMIO, e que também significou o lançamento da nova rede GOAL.


2. Reunião de Coordenadores e 18º. LAK (Colóquio Latinoamericano) (Freiberg, Alemanha) 2003

Em 2 de abril de 2003 reuniram-se os Coordenadores Nacionais de GOAL com os representantes alemães no Instituto Geológico da TU Bergakademie Freiberg na Saxônia, Alemanha. Esta reunião precedeu ao 18º. LAK Colóquio LatinoAmericano de Geociências em Freiberg. Durante a reunião de um dia de GOAL, os principais temas de discussão incluiram um informe atualizado sobre o estado da rede, as actividades passadas e futuras, a criação de uma base de dados de membros em cooperação com o DAAD, a organização de cursos de educação profissional continuada, apresentação de GOAL em reuniões científicas e feiras da indústria, assim como a cooperação com a indústria da mineração.


3. Encontro VDMA – EXPOMIN – GOAL (Santiago, Chile) 2004

Realizou-se um simpósio conjunto entre a Federação de Indústrias Alemãs de Engenharia e GOAL dentro da exposição para a pequena mineração EXPOMIN em Santiago do Chile, em 22 de abril de 2004. O tema central do simpósio foi “Desenvolvimento do Mercado de Mineração na América Latina”. Este evento permitiu aos membros participantes de GOAL analisar o papel de nossa rede na indústria em geral e na área de mineração específicamente. Foram discutidos temas importantes: o futuro da mineração na América do Sul e as contribuições da atividade mineira para o desenvolvimento sustentável dos países ricos em minerais da América Latina.

Participants at EXPOMIN in Santigo (Chile) 2004Durante a reunião de Santiago os membros foram informados sobre o futuro evento internacional de GOAL “Ciudades en volcanes” que seria realizado ao final de janeiro de 2006 em Quito, Equador.


4. Workshop em Vulcanologia (Quito, Equador) 2006

Logo: Cities on Volcanoes, Quito 2006Dentro do programa do evento internacional “Ciudades en volcanes”, GOAL organizou e realizou o workshop “Reconhecimento de Sequências Vulcânicas” na cidade de Quito, entre os dias 30 de janeiro e 3 de fevereiro, com a presença de 38 participantes, em sua maioria membros de GOAL.

Há varios anos vem sendo realizado um curso de formação internacional sobre “Vulcanologia dos Andes Centrais” na Universidade de Salta, Argentina. Desta vez, o curso foi realizado no Equador juntamente com especialistas do Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional, Equador, do Centro de Texturas Vulcânicas do Instituto Geológico da TU Bergakademie Freiberg, Alemanha, e da Universidade de Salta, Argentina, onde se compartilhou o conhecimento vulcanológico das diferentes zonas vulcânicas dos Andes.

Cotopaxi volcano, EcuadorUm dos objetivos principais do workshop foi o reconhecimento de texturas vulcânicas em afloramentos e seções delgadas e a interpretação de sequências vulcânicas como uma das condições mais importantes para a avaliação do risco vulcânico. O encontro contou com classes dedicadas a aspectos teóricos e laboratórios, incluindo microscopía. A importância da evidência de campo se enfatizou através de uma interessante excurção a zona do vulcão Cotopaxi. Além dos fundos proporcionados pelo DAAD, o workshop recebeu um generoso apoio financeiro da Divisão de Ciências da Terra da UNESCO.


5. Escola de Primavera (Berlin e Kiel, Alemanha) 2007

A “Escola de Primavera” abordou duas partes: um curso sobre “Tecnologías Geotérmicas e Sistemas Hidrotermais” e o XX Colóquio Latinoamericano de Geociências (LAK20). O evento aconteceu na Evangelische Bildungsstätte, Berlín, de 2 a 10 de abril, sendo a primeira parte da Escola de primavera GOAL realizada com a participação de distinguidos e experimentados profissionais alemães da TU Bergakademie Freiberg, do Centro Alemão de Investigação de Geociências GFZ, do BGR German Geological Survey (Bundesanstalt für Geowissenschaften und Rohstoffe) e do DAAD. Os temas importantes abordados no curso foram: Exploração geotérmica (Estudo de caso: Parque Nacional de Yellowstone, Estados Unidos), Mostra de características geotérmicas submarinas (estudo de caso: Panarea, Eolo Ilhas, Italia), e o papel que desempenham as redes de antigos alunos, sua situação e suas perspectivas.

Dedicou-se uma seção especial às apresentações dos participantes da Rede GOAL da América Latina, na qual as contribuições focaram na temperatura dos campos geotérmicos potenciais, na porosidade e na permeabilidade dos campos geotérmicos. O curso consistiu em trabalho de campo em duas plantas geotérmicas, visitas ao Reichstag (história e tecnología energética) e ao Museu Etnológico de Berlín-Dahlem (seção hispana), e uma excurção à região ocidental de Mecklenburg-Vorpommern. Realizou-se a reunião interna de GOAL para analisar o estado atual, seus êxitos e as futuras atividades.


6. Energia geotérmica e Vulcanismo associado (San José, Costa Rica, 2008)

Esse workshop na Costa Rica tratou-se de uma continuação temática do workshop do ano anterior em Tecnologias Geotérmicas e Sistemas Hidrotermais, realizado em Berlim- Schwanenwerder e Kiel (Alemanha). Ambos os eventos tiveram um significado especial pois compartilhou-se experiências do uso das técnicas geotérmicas nos dois continentes, promovendo um valoroso intercâmbio de conhecimento geocientífico entre os membros da rede GOAL.

O workshop de Costa Rica aconteceu em meio à celebração do Ano Internacional do Planeta Terra com a mensagem central “Geologia, desenvolvimento humano em harmonia com o Planeta”. O workshop de GOAL foi realizado em seguida ao IX Congresso Centro-americano de Geologia e VI Congresso Nacional de Geologia.

Trinta membros da rede GOAL participaram do programa desenvolvido em San José e Guanacaste com foco na energia geotérmica como uma tecnologia alternativa, viável e em harmonia com o meio ambiente. Em torno desse tema principal outros assuntos foram tratados como técnicas de exploração geotérmica e soluções geoquimicamente agressivas, uma vez que o campo está em franca produção. Ao lado desses temas principais foram apresentadas palestras sobre alteração hidrotermal e atividade vulcânica residual, geoturismo em ambientes vulcânicos, e critérios para reconhecimento de sequências vulcânicas explosivas e efusivas.

Além de aspectos teóricos o workshop ofereceu um significativo trabalho de campo, com visitas a afloramentos vulcânicos e a dois campos geotermais – um em produção no Vulcão Miravalles e outro em exploração nas áreas de Borinquen, Las Pailas, e Nuevo Mundo.

No encontro interno de GOAL foi proposto o próximo workshop para 2009 sob o tema “Mineração Sustentável e impacto no Meio ambiente”, a ser realizado em Göttingen, Alemanha.


7. Mineração Sustentável e 21º LAK (Freiberg, Alemanha) 2009

Este evento constou de duas partes, sendo a primeira um workshop na Universidade Técnica de Freiberg e a segunda um Colóquio Latinoamericano em Ciências da Terra (LAK 2009) na Universidade de Göttingen. O workshop começou com conferências interessantes dos experts alemães, relacionadas à geologia e a aspectos de meio ambiente na mineração na Alemanha, e prosseguiu com apresentações de 23 membros de GOAL em tópicos relacionados à mineração sustentável, provendo vários exemplos de países latinoamericanos. As palestras foram complementadas pela viagem de campo à mineração de urânio próxima a Ronnenburg, uma mina a céu aberto de lignita e área de recultivo próximo a Leipzig, como também a locais representando minas antigas, aspectos de fundição e meio ambiente na região das montanhas Harz.

Durante a reunião interna de GOAL, realizada no Centro de Geociências em Göttingen, discutiu-se fatores de consolidação da geo-rede e ainda definiu-se o país e o tema do próximo seminário em 2010. Brasil foi escolhido para desenvolver a segunda parte de“ Mineração Sustentável e Meio Ambiente – uma Perspectiva Alemã-Latinoamericana, levando-se em conta sua experiência nessa matéria. Para o encontro subsequente a ser realizado na Alemanha, o tema geral foi definido como Gestão de Riscos Geológicos, em consonância com o tema proposto para o 22º. Colóquio Latinoamericano em Ciências da Terra (LAK 2011).


8. Mineração Sustentável e Meio Ambiente (Belo Horizonte, Brasil) 2010

Contando com 28 ex-alunos do DAAD de 13 países sul-americanos, 4 experts alemães e 48 participantes brasileiros realizou-se esse evento com intensa colaboração entre diferentes atividades acadêmicas relacionadas ao desenvolvimento da mineração sustentável. A América latina possui um grande interesse em evitar futuros problemas provocados por contaminação ambiental proveniente de atividades de mineração e porisso buscou o bem-estar econômico e a estabilidade social nos procesos de exploração e aplicação de recursos minerais.

Anteriormente ao Workshop, os organizadores de GOAL Brasil promoveram dois cursos curtos de 2 dias de duração sobre “Cartografia Geoquímica para a Sustentabilidade” (Jörg Matschullat, TU Bergakademie Freiberg, Alemanha) e “Vulcanologia e riscos sísmicos” (Guillermo Alvarado Induni, Universidad de Costa Rica, San José de Costa Rica). Ambos os cursos foram avaliados positivamente pelos participantes, que em sua maioria eram estudantes de pós-graduação e profissionais de diversas empresas e instituções.

Realizou-se uma memorável excurção a várias ocorrências de mineração e de variada geologia no estado de Minas Gerais, onde o pessoal das empresas anfitriãs compartilharam temas técnicos e ambientais com os participantes. O evento foi encerrado com a reunião interna dos membros de GOAL, na cidade de Pirapora.


9. Gestão de Riscos Geológicos: uma Perspectiva Alemã-Latinoamericana (Heidelberg, Alemanha) 2011

Como proposto no último workshop realizado na Alemanha (Freiberg, 2009), esse evento em Heidelberg abordou a gestão de riscos geológicos. Com a participação de 26 membros de GOAL de 14 países, os tópicos abordados foram tremores de terra, deslizamentos e inundações associadas, formação de voçorocas, erupções vulcânicas e lahares, perspectivas regionais na mudança climática, condições climáticas extremas e contaminação de água.

Os membros de GOAL participaram ativamente do 22º. Colóquio Latinoamericano em Ciências da Terra (LAK 2011), também realizado na Universidade de Heidelberg. As exposições orais foram complementadas por duas viagens de campo: uma ao Vale do Alto Reno que abordou o deslizamento de rochas e neotectônica, e a segunda à área vulcânica a leste de Eifel e terras baixas de Colônia que enfocaram os riscos vulcânicos e a paleosismicidade.

A reunião interna de GOAL abrangeu tópicos sobre o futuro da rede em termos de crescimento e fortalecimento, como também sobre assuntos a abordar em encontros subsequentes. Foram propostos temas em geoparques, geoturismo e herança mínero-geológica.


10.  Geociências e Sociedade – Reduzindo a lacuna entre Geoparques e Co (Heidelberg, Alemanha) 2014

O workshop GOAL 2014 aconteceu juntamente com o 23º. Colóquio Latino-americano de Geociências (LAK 2014) no Instituto de Ciências da Terra, Rupprecht-Karls-University Heidelberg. O evento incluiu cerca de 40 apresentaçãoes com intensas discussões e uma visita à antiga mina de cobre em Schriesheim e excurções aos geoparques de Odenwald, Schwäbische Alb, Nördlinger Ries e ao Museu Ries. O ponto culminante foi a visita ao Geoparque Grube Messel Patrimônio da Humanidade declarado pela UNESCO.

Nos últimos anos, várias vezes os países latinoamericanos se candidataram para obter um geoparque reconhecido pela UNESCO e lamentavelmente nenhum teve êxito. De 100 projetos de Geoparques em todo o mundo, só há dois na América Latina (um no Brasil e outro no Uruguay). Por esta razão, o workshop e a excurção objetivaram construir conhecimento e intercambiar experiências sobre Geoparques. A excurção objetivou visitar os projetos de Geoparques bem sucedidos na Alemanha próximos ao local de realização do evento, o que possibilitou aos participantes conversar diretamente com os colegas responsáveis e discutiram com eles sobre as experiências em seus Geoparques. Este enfoque poderia ser plenamente realizado e deve, certamente, ser visto como um grande êxito. Foi importante e muito positivo para a rede GOAL que o Coordenador Regional para América Latina, o Prof. Reinaldo García (Colômbia e Canadá) apresentou-se disposto a assumir esta tarefa durante outro período e foi reeleito de forma unânime pelos membros da Rede GOAL para a coordenadoria regional.


11. Desenvolvimento Sustentável de Georecursos — Realizações e Desafios (Bogotá, Colômbia) 2016

Como parte da celebração dos 100 anos do Serviço Geológico da Colômbia, realizou-se o Workshop GOAL 2016 “Desenvolvimento Sustentável de Georrecursos: Realizações e Desafios” na cidade de Bogotá, Colômbia, de 26 a 30 de setembro de 2016. O evento foi organizado conjuntamente pela Pesquisa Geológica Colombiana e o suporte da Universidade Nacional da Colômbia e da Sociedade Geológica Colombiana. Trinta ex-alunos do DAAD provenientes de onze países da América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Costa Rica, Cuba, Equador, México, Paraguai, Peru e Uruguai) e três pesquisadores da Alemanha participaram e compartilharam experiências de projetos de pesquisa desenvolvidos em cada país.Logos of organizers of GOAL Workshop 2016

O encontro envolveu dois segmentos: as sessões acadêmicas e científicas e o trabalho de campo. A primeira parte compôs-se de 38 apresentações orais, contando ainda com a participação de estudantes de várias universidades com programas de geociências. Assim foi possível mostrar como a rede GOAL efetivamente funciona como uma plataforma internacional de disseminação de conhecimento. As sessões incluíram palestras do representante do DAAD na Colômbia, e também a de um professor do Goethe Institut da Colômbia com o propósito de promover o ensino da língua alemã. Na viagem de campo percorreu-se a área de Vila de Leyva, situada na província de Boyacá, a cerca de 4 horas distante de Bogotá. Esta área é interessante para geólogos e estudantes, por suas características geológicas únicas e pela história. O workshop encerrou-se com a reunião interna dos membros de GOAL, que discutiram e compartilharam ideias de como promover e fortalecer a rede.